Da expurgação de hipotecas

Autor:Helder Martins Leitão
Cargo do Autor:Advogado
Páginas:55-64
RESUMO

Anotações, Remissões, Destaque e Bibliografia. Petição Inicial. Despachos. 2.ª Simulação Petição Inicial. Impugnação do Valor pela Credora. Despachos.

 
ÍNDICE
TRECHO GRÁTIS

Page 55

Anotações, Remissões, Destaque e Bibliografia

* a expurgação de hipotecas consiste em desonerar o prédio hipotecado, isto é, em o libertar do ónus real da hipoteca que sobre ele pesa. O prédio estava sujeito ao ónus de garantir o cumprimento de determinada obrigação; com a expurgação fica livre desse ónus.

** a coisa hipotecada responde por determinado valor - o da hipoteca. Em termos práticos, essa responsabilidade não ultrapassará o montante do próprio valor da coisa: havendo execução, o valor da coisa dará a medida máxima realizável, para efeitos da hipoteca. Compreende-se, assim, a dupla via aberta pelo legislador para a expurgação da hipoteca: como esta assegura, apenas, o valor para que foi constituída e, ainda aí, até ao montante realizável com a alienação do bem-objecto, o adquirente de bens hipotecados pode praticar a expurgação entregando ao titular da garantia um ou outro desses dois valores. As duas possibilidades requerem cautelas variadas, regulando a lei de processo a sua efectivação - arts. 998.º e segs. do C.P.C.. arts. 998.º a 1007.º C.P.C..

REMISSÕES

arts. 998.º a 1007.º C.P.C..

Page 56

DESTAQUE

aquele que pretenda a expurgação de hipotecas, pagando, integralmente, aos credores hipotecários, requererá que estes sejam citados para receberem a importância dos seus créditos, sob pena de esta ser depositada.

BIBLIOGRAFIA

Alberto Reis, in «Processos Especiais», I vol., pág. 274.

Oliveira Ascenção/Menezes Cordeiro, in «Expurgação de Hipoteca - parecer», Col. Jur., 5.º-42.

Page 57

Petição Inicial

Meritíssimo Juiz de Direito do Tribunal de Círculo e de Comarca de Lamego

- Basílio Rotes Monteiro, casado, diplomata, residente na Av. Senhora dos Remédios, n.º 933, em Lamego,

vem interpôr e fazer seguir

Acção Especial para Expurgação de Hipoteca,

indicando como requerida

- Josefa Torres Mesquitela, divorciada, industrial, moradora na Rua das Cavalgaduras, n.º 91, em Lamego,

para tanto, dizendo o seguinte:

1.º

O aqui requerente firmou, em 12 de Março de 2003, um contrato-promessa de compra e venda referente a um imóvel propriedade da firma «Alberto Costa Dias, Ld.ª» com sede à Rua das Francesas, n.º 15, em Lamego (vide doc. n.º 1).

2.º

Posteriormente, foi outorgada a respectiva escritura de compra e venda, a qual teve lugar em 16 de Junho de 2003, no 2.º Cartório Notarial de Lamego (vide doc. n.º 2).

Page 58

3.º

Entretanto, quando procedeu ao registo da mencionada aquisição na competente Conservatória do Registo Predial, foi confrontado com um registo anterior referente a hipoteca a favor da requerida, garantindo o montante de euros 89.783,62 (vide doc. n.º 3).

4.º

Ora, o requerente pretende expurgar a aludida hipoteca, pagando, integralmente, à respectiva credora.

Termos em que, nos melhores de direito e com o suprimento...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO