Cobrança de dívida

Autor:Helder Martins Leitão
Cargo do Autor:Advogado
Páginas:88-89
RESUMO

Meritíssimo Juiz de Direito do 1.º Juízo do Tribunal de Pequena Instância Cível do Porto. Proc. 200/04

 
TRECHO GRÁTIS

Page 88

Meritíssimo Juiz de Direito do 1.º Juízo do Tribunal de Pequena Instância Cível do Porto

Proc. 200/04

  1. Secção

Portus Editora, Lda.

, contribuinte n.º 500413204, com sede à Rua dos Mais, 13, Porto, apresenta

CONTESTAÇÃO

na acção em referência e na qual é autora,

Fotoluz, Lda.

, com sede na Rua Arq. Nicolau Nasoni, 160, 4050 Porto,

com base no seguinte:

I

Não é verdade que a peticionante tenha fornecido à aqui ré, a mercadoria mencionada no artigo 2.º do petitório.

II

Nem que a peticionada tivesse encomendado algo à autora.

III

Não tendo a demandada, vez alguma recebido os originais das facturas aludidas na petição inicial e à mesma juntas como documentos 1 e 3.

IV

Razão pela qual, não lhe competia, pois, proceder a qualquer pagamento à impetrante.

V

Aliás, nunca existiram relações comerciais de espécie alguma, entre a aqui ré e a autora.Page 89

Termos em que, nos melhores de direito e com o suprimento de V. Ex.ª, deve a acção proposta pela autora resultar improcedente, tal significando, a não condenação da ré no pagamento à autora de qualquer quantia.

Junta-se: procuração, duplicado e documento comprovativo do pagamento prévio da taxa de justiça inicial (cfr. n.º 1, art. 150.º-A C.P.C.).

O Advogado,

Contr. n.º ...

Cód. n.º ...,

com...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO